Tem local?

Centros culturais, casas coletivas, bibliotecas, espaços da prefeitura da sua cidade, hacklabs ou a casa de uma amiga são ótimos lugares para fazer uma RodAda Hacker. É importante que seja um lugar seguro para meninas e mulheres, um lugar em que as mulheres são respeitadas e podem se sentir livres para experimentar, errar, acertar e colocar as suas ideias no mundo!

O que o espaço precisa ter?

Internet banda larga
Mesas e cadeiras
Extensões e tomadas
Projetor ou quadro para anotações
Computadores sem restrição para instalação de programas
(Este item é desejável, mas caso não seja possível, peça para que as participantes levem computadores).

Para as mães

Tente pensar em uma edição que inclua as mães. Já tivemos RodAdas em que uma pessoa ficou responsável por cuidar das crianças e outras que foram desenhadas para acolher as crianças durante as oficinas. Assim, as mães que não têm com quem deixar as filhas e filhos, ou que preferem estar com eles e elas durante o evento, podem participar das atividades sem problemas.
Tente fazer alguma parceria com o espaço para que seja possível oferecer, pelo menos, o café da manhã e o almoço para todas as participantes da RodAda. Já fizemos isso de várias maneiras: utilizando a cozinha do próprio espaço e chamando alguém para fazer as refeições, ou escolhendo um espaço com lanchonete ou restaurante, ou ainda, pedindo para as pessoas trazerem os seus lanches de casa.

Tutoras

As tutoras devem ser pessoas com conhecimentos na área de programação em diferentes linguagens. É importante que elas tenham interesse em compartilhar o conhecimento com outras meninas e mulheres.

Como convidar desenvolvedoras para serem tutoras da Rodada?

A nossa sugestão é que você busque por meninas e mulheres que já fazem parte de algum grupo que reúne mulheres desenvolvedoras. Para facilitar o seu trabalho, segue uma lista destes grupos que já estão engajados na missão de construir uma internet com mais diversidade:
Py Ladies
Django girls
#minasprogramam
MariaLab
PrograMaria
Rails Girls
Technovation Challenge
Quer incluir o seu grupo aqui? Entre em contato com a gente!

Devo especificar uma linguagem de programação para a tutoras?

Quanto mais linguagens, melhor! Assim as meninas poderão conhecer mais linguagens e escolher qual (ou quais) elas têm mais interesse em aprender.
Já foram feitas RodAdas focadas em desenvolvimento de sites e outras com mais temas e usos, incluindo visualização de dados.

Tudo certo com o espaço e as tutoras?
Hora de pensar na divulgação!

Divulgação

A comunicação é um ponto chave da sua RodAda, por isso é importante fazer um planejamento básico e criar algumas peças de divulgação para espalhar em redes sociais, grupos de discussão, blogs e sites.

Peças de divulgação


Release

Pequeno texto sobre a sua RodAda contendo endereço, linguagens que serão ensinadas e tempo de duração do evento;

Imagens de divulgação para redes sociais

Crie uma identidade para o seu evento, algo simples mas que o identifique visualmente e divulgue junto com o release para a sua rede de contatos. Se quiser, você pode usar os arquivos abertos da RodAda que ocorreu em São Paulo em novembro de 2015. Basta adaptá-los para o seu evento. Em breve, disponibilizaremos todos os arquivos para download aqui.

Página do evento no Facebook

Crie uma página para o seu evento no Facebook, inclua todas as informações sobre o seu evento e vá incluindo conteúdos até chegar perto da data do evento. Sugerimos que você busque por notícias sobre a importância da diversidade na internet, além de informações sobre mulheres e meninas que estão fazendo a diferença no mundo da tecnologia.

Os itens acima são apenas sugestões. Use a sua criatividade e pense em mais formas de fazer com que mais meninas saibam que a sua RodAda vai acontecer!

Conte com a gente para ajudar a espalhar
sua RodAda nas nossas redes!
Envie os detalhes do seu evento
com antecedência.

No dia da RodAda

Sugerimos que a RodAda seja realizada em 3 partes, mas caso você tenha outra ideia para o dia do evento, fique livre para criar!

Primeira parte - Por quê uma RodAda Hacker?

A pessoa ou as pessoas responsáveis pela produção da RodAda falam um pouco sobre o propósito do encontro e sobre a importância de termos mais mulheres construindo a internet.

Segunda parte - Apresentações

As participantes se apresentam e falam sobre o seu interesse.
Cada tutora apresenta uma introdução a linguagem que vai ensinar.

Terceira parte - Mão na massa!

Após as apresentações as participantes se dividem em grupos de acordo com a linguagem que estão interessadas em aprender.
Cada tutora prepara a sua oficina da forma que achar melhor. Você pode propor fazer uma conversa com todas as tutoras antes da RodAda, assim vocês conseguem trocar informações sobre metodologias de aprendizagem e pensar em qual é melhor para a edição que vocês vão fazer.

Documentação

Durante a sua RodAda, tire algumas fotos (não se esqueça de pedir autorização para as pessoas presentes!) e escreva um relato sobre o seu evento. Publique na página do evento no Facebook e mande pra gente também. Nossa ideia é criar um banco de imagens e relatos das RodAdas que estão acontecendo pelo Brasil. Assim podemos inspirar mais gente e fazer com que a experiência de uma RodAda ajude a de outra.

Mantenha a rede

Agora que você já realizou uma RodAda, vale seguir em contato com as meninas que participaram do encontro e pensar novas edições para aprofundar os conhecimentos, outros eventos e formas de juntar as participantes para seguir com a rede. Quanto mais diálogo e atividades, mais conseguiremos atingir a missão de estimular que mais e mais meninas e mulheres entrem para o mundo da programação.